Pedra na vesícula, pop pediatria, dra maria tereza, gastropediatria, gastro, hepato, pediatria, pinheiros, são paulo, pedra, mecanismos, hipóteses, mecânico, dieta, cirurgia

Pedra na vesícula

A presença de cálculo na vesícula biliar de crianças ERA uma condição pouco frequente. A disponibilidade do exame de ultrassom é um dos responsáveis pelo aumento do diagnóstico, muitas vezes feito de forma incidental.

❗ No entanto, estudos mais recentes nas áreas da cirurgia pediátrica e também da gastroentetorologia, têm mostrado uma forte associação com a obesidade infantil. E sabemos que o aumento da incidência da obesidade infantil está alarmante.

⤵️ Os mecanismos envolvidos na gênese do problema na faixa etária pediátrica não estão totalmente esclarecidos, mas existem duas hipóteses:
1🔅 Fator mecânico: um maior teor de gordura abdominal, causa um aumento na pressão da cavidade, resultando em compressão direta da parede externa da vesícula biliar, comprometendo sua motilidade e excreção da bile;
2🔅 Uma dieta rica em gordura, leva à alterações no conteúdo e na contratilidade biliar criando um meio favorável à formação de cálculos.

❓ A retirada cirúrgica da vesícula biliar está sempre indicada na presença de cálculos?
Não!

👉🏼 Há de se avaliar sintomas e surgimento de complicações. Decisão a ser tomada pelos cirurgiões pediátricos.

⚠️ Mas fica aqui mais um alerta sobre a obesidade infantil ⚠️

Até mais,
Dra Maria Tereza Guiotti

//TAGS
Pedra na vesícula, pop pediatria, dra maria tereza, gastropediatria, gastro, hepato, pediatria, pinheiros, são paulo, pedra, mecanismos, hipóteses, mecânico, dieta, cirurgia

Ainda tem duvidas? Conte comigo!

Dra. Maria Tereza Guiotti

Gastroenterologia e Hepatologia Pediátrica – FMUSP
Pediatria – FMUSP | CRM: 163314 | RQE: 900711

criação e gerenciamento