Pancreatite

O pâncreas é um órgão que chamamos de retroperitoneal, por localizar-se mais posteriormente no abdome, e que tem dupla função:

  • Endocrinológica por secretar hormônios que regulam o nível de glicose no sangue;
  • Digestiva por produzir enzimas que são essenciais na digestão de alimentos.

As doenças que acometem o pâncreas são:

  • Malformações congênitas (alteração anatômica);
  • Metabólicas (insuficiência pancreática exócrina/endócrina);
  • Secundárias a trauma abdominal;
  • Pancreatite aguda/crônica (medicamentosa, autoimune, secundária à cálculo biliar);
  • Neoplásicas (raro na faixa etária pediátrica);

Na prática do gastroenterologista, tem sido um pouco mais frequente o diagnóstico de pancreatite aguda. O quadro clínico baseia-se em dor abdominal intensa, náusea e vômitos, às vezes icterícia, febre, diarreia, entre outros. Ou seja, sintomas muito comuns em tantas outras condições.

Por isso, é importante que o pediatra mantenha alto grau de suspeição, associado a uma detalhada história clínica. O diagnóstico se dá pela apresentação clínica, alteração em exames específicos do pâncreas e alteração em exames de imagem, preferencialmente tomografia de abdome.

Muitas vezes é necessária a internação para manejo adequado da dor.

Uma vez que a causa da pancreatite aguda tenha sido encontrada e adequadamente tratada, a tendência é de uma evolução benigna.

Ainda tem duvidas? Conte comigo!

Dra. Maria Tereza Guiotti

Gastroenterologia e Hepatologia Pediátrica – FMUSP
Pediatria – FMUSP | CRM: 163314 | RQE: 900711

criação e gerenciamento